HOMENAGEM A LUTA DOS LOTÉRICOS

I
Amigos peço licença
Pra descrever um embate
Para dar um cheque-mate
Nos doutos e burocratas
Que numa atitude ingrata
Desrespeitaram as parcerias
Pisaram na democracia
Rasgando a Lei Federal
Criando um caos nacional
Aos donos de loteria

II
Os agentes Lotéricos
São por lei permissionários
Que cumprem bem seus horários
Atendendo o cidadão
Recebendo luz, água, prestação
E pagando todo dia
FGTS, PIS, aposentadoria
Pois são da Caixa Federal
A parceira ideal
Pra apostar na loteria

III
Mesmo estando credenciados
E cumprindo bem sua missão
Eis que uma notificação
Com base num parecer
Exige e manda fazer
Uma nova licitação
O Tribunal de Contas da União
Deixou todos no escuro
Mas em nome do futuro
Veio logo a reação

IV
Os lotéricos e o sindicato
Junto com os deputados
No parlamento entrincheirados
Deram a mostra do pano
Lhes digo e não me engano
Numa atitude sem igual
Aprovaram uma Lei Federal
Repondo o que era direito
E os lotéricos ganharam respeito
No Congresso Nacional

V
A Dilma sancionou a Lei
No papel de presidente
E esta história minha gente
Foi feita com muitas mãos
E hoje, bate forte o coração
Neste momento de glória
Pois tá vivo em minha memória
A luta e o sofrimento
Mas guardem no pensamento
É de vocês esta vitória

VI
Por isso meus parabéns
Pra quem lutou até o fim
É desse jeito, é assim
Que o lotérico venceu a peleia
Pois mesmo vendo a coisa feia
Lutou e pagou pra ver
E só conseguiu vencer
Porque mostrou seu valor
Pois pra ser um vencedor
Nunca pode esmorecer

VII
Eis então minha homenagem
A esta grande parceria
E a sábia sabedoria
De quem construiu caminhos
Os lotéricos não estão sozinhos,
Tem a nossa companhia
E eu reporto esta alegria
Com estes grandes parceiros,
Vocês valem mais que o dinheiro
Dos prêmios da loteria.

POMPEO DE MATTOS
Deputado Federal
PDT/RS