A MELHOR IDADE PENAL

I
Amigos peço licença
Pra emitir minha opinião
E falar sobre a prisão
Do menor adolescente
Um debate que aflige a gente
Que exige uma posição
Para esclarecer à nação
Com transparência e lealdade
Mostrando toda verdade
À nossa população

II
A maioridade penal
O jovem só atinge aos 18
E é bom avisar aos afoitos
Do perigo da diminuição
Pois colocar o menor na prisão
É como armar os criminosos
Que terão um exército poderoso
Pra alimentar as facções
E dominarem as prisões
Com quadrilhas perigosas

III
Logo então se percebe
Que esta não é a saída
Pois a infância perdida
Mata os sonhos e a esperança
O que é preciso é que a criança
Desde a sua formação
Receba carinho e atenção
Alimento, amor e afeto
Todas as letras do alfabeto
E um mundo de educação

IV
Não é importante nesta hora
Prender o menor infrator
E sim, dar a ele o professor
Antes mesmo de crescer
Pra jamais deixar nascer
Um malfeitor entre nós
Pois ouvindo nossa voz
Lições, conselho e carinho
O jovem encontra o caminho
Honrando pais e avós

V
Aos jovens, à criança, ao adolescente
Só cabe uma condenação
A de receberem educação
Trancafiados em boa escola
E ali que ele se isola
Do mundo do crime, das drogas
E ao invés, alguém de toga
Pra lhe julgar e prender
Vai ter a luz do saber
De um professor que advoga

VI
Mas se este jovem for pobre
A condenação deve ser pior
A escola terá que ser bem melhor
E por conta deste grave mal
O regime tem que ser tempo integral
Onde só terá banho de sol
Se for pra jogar futebol
Ou alguma brincadeira sapeca
A solitária é lá na biblioteca
Pra aprender pra que serve o anzol

VII
Depois que sair desta prisão
Este jovem, então, formado
Já estando preparado
Pra trabalhar, fazer carreira
Não vai usar tornozeleira
Mas pra não se perder na estrada
Terá sua liberdade vigiada
Pelos olhos de seus pais
Que hão de querer sempre mais
Acompanhando a caminhada

VIII
A saída pro menor infrator
Não é a sua detenção
É mudar o ECA e o tempo de internação
De três pra cinco ou seis anos
Não permitindo este gfxf’gesto insano
De mudar a Constituição
Cabe até a emancipação
Em casos de crime hediondo
É isto que estou propondo
Jamais ir com adultos pra prisão

IX
E com estes argumentos
Que sustento minha opinião
Não há fundamento ou razão
Para diminuir a maioridade penal
A saída é educacional
Esta sim é a solução
Lugar de jovem não é na prisão
É na creche, na pré escola
É no CIEPS do Brizola
O caminho é a educação

POMPEO DE MATTOS
Deputado Federal
PDT/RS