Brasil

Precisamos discutir mais o Brasil e menos Brasília


Atualizado Terça-feira, 18 de Junho de 2019 às 21:11- por Israel P. Siqueira

No ano de 2015 discutimos nesta casa mais Brasília e menos Brasil. Com essa frase enfática o deputado Pompeo de Mattos deu início ao seu discurso ontem à tarde, no Plenário da Câmara dos Deputados. “Espero que em 2016 todos os grupos políticos se unam para defender o Brasil, os brasileiros, o emprego, a renda, o empreendedorismo, educação, saúde e a segurança”, afirma Pompeo.

O deputado salienta em sua fala que ao alimentar a guerra entre o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e a presidente da República, Dilma Rousseff, o Congresso além de perder o trem da história está perdendo a guerra para o mosquito Aedes Aegypti, que trouxe a dengue, a febre chikungunya e o zika vírus.

De acordo com o deputado o parlamento esqueceu de rever a economia do país e o resultado foi a inflação, a produção industrial minguou e os juros explodiram. “Ao discutir coisas menores esquecemos a educação e lá se foi o Fies, diminuindo quase pela metade o financiamento. Não discutimos o meio ambiente e aconteceu a tragédia em Mariana, que além de matar duas dezenas de pessoas é o maior impacto ambiental do país”, ressalta Pompeo.

Compartilhe: |