Eleição

PDT contabiliza avanço eleitoral em 2016


Atualizado Quarta-feira, 19 de Junho de 2019 às 20:30- por Israel P. Siqueira

Na avaliação do presidente estadual do PDT/RS, Pompeo de Mattos, o partido superou as metas de desempenho planejadas para a eleição municipal de 2016, que previa a eleição de 80 prefeitos e 80 vice-prefeitos. Conforme o dirigente partidário, “o PDT foi o grande vitorioso nesta eleição, pois saiu do pleito bem maior do que entrou”.

De acordo com a análise preliminar, o PDT elegeu 78 prefeitos, aumentando nove prefeituras em relação ao pleito de 2012, quando a legenda totalizou 69 prefeitos. O partido disputa em segundo turno a prefeitura de Caxias do Sul, podendo alcançar 82 prefeitos. E ainda aguarda decisão da Justiça Eleitoral sobre resultados positivos em Gravataí, Salto do Jacuí e Arvorezinha.
Em relação aos vice-prefeitos e vice-prefeitas, o partido elegeu 60 em 2012, e aumentou a representação para 79. E em Porto Alegre, participa da disputa no segundo turno com a candidatura a vice-prefeita de Juliana Brizola na chapa de Sebastião Melo.

“Nos 50 maiores colégios eleitorais do Rio Grande do Sul, o PDT está em primeiro lugar, empatado com o Partido Progressista, com 11 prefeituras, porém com mais votos na sigla”, destaca Pompeo. Segundo ele, “esta representatividade pode ser desempatada pelo segundo turno em Caxias do Sul. Ou seja, só o PDT poderá chegar a 12 prefeituras nos 50 maiores municípios do Rio Grande do Su”l.

Na próxima semana, a direção estadual do PDT realiza reunião de avaliação do cenário de representação do Estado, com a presença do presidente nacional, Carlos Lupi.

Texto: Francis Maia.

Compartilhe: |